Komunga

Komunga nasceu a partir do encontro de duas entidades, Risoflora e Urukum.

Espírito das florestas, esquecido por seus povos dizimados, Urukum renasce no mundo “civilizado” como diplomata para negociar a paz através da música. Sua porta voz é Risoflora. Natural de Aruanda, atua em várias frentes, na defesa de um ciclo evolutivo em espiral. Juntos construíram uma intervenção performática chamada Komunga, onde apresentam suas ladainhas, e manifestações sonoras.

O show é uma experiência sensitiva, com projeção, e ambientes sonoros que envolvem os espectadores. Além é claro da música, que tem como base o eletrônico e ritmos de matriz africana e indígena.

© 2017 USINA 14 - coletiva de arte

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
Komunga

Komunga nasceu a partir do encontro de duas entidades, Risoflora e Urukum.